Descubra se você é um motorista barbeiro

Veja mais sobre as características de um motorista barbeiro e saiba se você é um deles.

Não é raro que motoristas inexperientes cometam erros de direção quando iniciam a condução. Entretanto, com o passar do tempo e com mais prática, seus hábitos de direção devem melhorar e a freqüência dos erros deve diminuir. Para muitas pessoas que têm filhos ou outros compromissos, ter que dirigir no trânsito da cidade se tornou um mal necessário.

É importante dirigir com segurança no trânsito. Você deve estar sempre atento ao seu ambiente e permanecer seguro. Você não quer ser buzinado e gritado, portanto, não deixe de dirigir com cuidado.

Agora responde pra gente: você é um motorista barbeiro ?

O que é um motorista barbeiro ?

Muitas pessoas se perguntam o que significa ser um barbeiro quando falamos de condução segura e funcional. Afinal de contas, o que é ser barbeiro?

Um motorista de barbeiro não é apenas alguém que dirige mal em termos de direção técnica. Em outras palavras, é a pessoa que permite que o carro morra enquanto bate as rodas ou não sabe como trocar de marcha no momento certo.

Estes são erros típicos que com a prática podem ser superados. Como resultado, o motorista do barbeiro é alguém que não obedece às leis de trânsito, é indelicado com pedestres e outros motoristas e, o pior de tudo, não cuida de seu próprio automóvel.

10 dicas para não dirigir como um motorista barbeiro

Agora que você sabe o que é ser barbeiro, nós iremos mais longe. Nossos especialistas reuniram 10 dicas de condução sobre como não ser barbeiro!

10. Dirigir com suavidade

Esta é uma grande idéia. Afinal de contas, ao dirigir, ser esperto é fundamental. Comece suavemente assim que o semáforo abrir. Só acelerar abruptamente consome combustível e usa peças como pneus e embreagens.

Como você pode ver, a luz está prestes a ficar vermelha. Solte o acelerador e deixe o carro passar, pressionando levemente os freios. As curvas devem ser feitas de forma lenta e suave, tanto por razões de conforto como de segurança.

Os motoristas de barbeiro dirigem de forma imprudente, o que o torna desconfortável não só para ele, mas também para os passageiros e todos ao seu redor. Por isso, leve-o com calma – não seja um motorista de barbeiro!

9. Não pisar fundo com o motor frio

Muitas pessoas não sabem que os motores dos carros têm uma temperatura de funcionamento ideal. Portanto, quando está frio, o óleo lubrificante não pode alcançar todas as suas partes.

Assim, até que o motor aqueça, o ideal é facilitar o acelerador e não aumentar as rotações

Os motores modernos que utilizam óleos mais finos aquecem mais rapidamente. Carros mais antigos, sem termômetro, trazem o que chamamos de luz espia, que fica acesa enquanto o motor está frio.

Em carros com termômetro, o ideal é esperar que a temperatura chegue até o meio da escola para acelerar mais fundo sem dó. Apenas um motorista barbeiro pisa fundo com o motor frio.

8. Não segure o carro na descida apenas com o freio

A maioria dos veículos emprega discos de freio nas rodas dianteiras e tambores de aço nas rodas traseiras. O sistema pode superaquecer quando submetido a uso contínuo ou forçado, fazendo com que o carro perca sua capacidade de frenagem.

Como resultado, ao descer colinas, especialmente as mais inclinadas, é melhor utilizar o freio motor como um meio de aliviar os freios. Isto garante que o freio funcionará em uma emergência, se necessário.

Em carros manuais, basta apenas engrenar uma marcha para baixo; no entanto, é preciso evitar ultrapassar seu limite máximo de velocidade.

Para carros automáticos, o seletor de marcha tem posições que são etiquetadas, como por exemplo: 3, 2, e L. Se o carro que você está dirigindo tem mudanças seqüenciais, tudo o que você precisa fazer é reduzir uma ou duas posições. Em um CVT sem modo de simulação, basta colocar a alavanca na posição L.

Então, agora você já sabe: segurar o carro só no freio, é coisa de barbeiro. Não faça isso.

7. Evite segurar o carro na embreagem nas subidas

Não é uma boa idéia segurar o carro na embreagem quando se está dirigindo em subida. É melhor usar o freio de mão para segurá-lo. Se você segurar o carro na embreagem, ele se desgastará mais rápido. E ele também usará mais combustível.

Ou seja, isso é coisa de motorista barbeiro. 

6. Não vire para trás para dar ré

Aqui está uma dica útil para você. Isto é o que alguns testes pedem, então se isto é o que você precisa fazer para obter sua carteira de motorista, então faça-o apenas no teste.

Após o teste, siga o que dizem nossos especialistas: A maneira mais segura de fazer um backup é olhar nos três espelhos. Isso porque quando você vira para trás, sua visão é limitada e você não pode ver tanto.

Virar para trás leva à confusão do motorista, fazendo com que ele ou ela vire o volante equivocadamente para o lado errado. Mesmo em veículos com câmera retrovisora, é preferível contar com os espelhos retrovisores como apoio.

A forma de dirigir evolui, e apenas os barbeiros teimosos se mantêm no passado.

5. Não use o pisca alerta sem necessidade

O Código de Trânsito brasileiro é claro:

Use seu pisca-pisca somente quando você tiver que parar o carro abruptamente ou quando a sinalização o exigir.

Usar o pisca-pisca para parar em uma rua de mão dupla, em vagas de estacionamento reservadas, ou enquanto se movimenta é trabalho de um motorista irresponsável

Se você usar seu pisca-pisca impropriamente, isso assustará os motoristas que vierem atrás de você e poderá até causar um acidente.

4. Não dirija colado no carro da frente

Manter uma distância segura do veículo da frente é importante, pois permite que você tenha tempo de reagir em caso de acidente ou frenagem brusca.

Quando estiver na estrada, procure um ponto de referência e conte de 4 a 5 segundos entre você passando o carro da frente e fazendo isso.

Este conselho também é válido nas cidades, especialmente em velocidades mais lentas. Afinal de contas, as ocorrências acidentais são mais prováveis do que não.

3. Evite ficar na faixa da esquerda

Você só deve usar a faixa esquerda em estradas de duas ou várias faixas para a ultrapassagem. Não importa se você está viajando no limite máximo da estrada ou se acredita que está com pressa – a faixa da esquerda ainda é apenas para passar.

Outro motorista pode estar tentando contornar você porque eles estão com uma pressa ainda maior, então deixe-os passar.

Além disso, não é seu trabalho policiar como os outros dirigem. É coisa de barbeiro ficar na faixa da esquerda e se recusar a ceder quando alguém quer passar ao seu redor.

2. Não dar a seta

É importante usar seus sinais de volta quando você estiver dirigindo. Isto permite que outros motoristas e pedestres saibam de suas intenções.

As pessoas que o seguem, assim como as que caminham, não sabem o que você vai fazer. É tão ruim dar seu sinal apenas no último minuto quanto não dar nenhum sinal. Portanto, não deixe de dar seus sinais com antecedência.

1. Jamais dirija com o celular na mão

Uma das coisas mais perigosas que os motoristas barbeiros podem fazer é pegar seu telefone celular para mudar a rota do GPS enquanto dirigem.

A uma velocidade de 40 km/h, o carro percorre 11 metros em um segundo. Isto significa que aquele momento em que você tira os olhos da estrada pode ser mortal não só para você, mas também para todos os outros ao seu redor.

Portanto, da próxima vez que uma mensagem importante chegar ou você precisar mudar a rota do GPS, encoste para parar o carro.

Clique nos botões abaixo para compartilhar:
Bianca Melo
Bianca Melo
Artigos: 29